Journal Of Interactive Marketing


O Jeito Do Freguês Pela Era Do Marketing Digital


O termo começou a ser usado em 2004, desde a estreia do best-seller “O futuro da Competição” escrito por C. K. Prahalad e Venkat Ramaswamy, que disseminou o conceito mundialmente. Cocriação é um conceito de marketing e negócios, em inglês em:co-creation. Um dos principais casos de cocriação é a própria Wikipédia, pois é editada por milhares de pessoas no todo o mundo, e assim sendo protagoniza um dos pilares da cocriação, a colaboração.


A co-fabricação podes surgir de diversas maneiras, e pode ser orquestrada ou aparecer sem nenhuma estrutura pré-acordada. Todavia, certas características estão sempre presentes, são elas a atividade de colaboração e a atividade de seleção da cooperação. Esta abordagem acessível que busca apreender a fundo o conceito de co-fabricação foi criada pelo especialista em Marketing Aric Rindfleisch.


  • A tua interação com a marca nas redes sociais afeta tua lealdade à organização
  • três Tecnologia de BI
  • Marca deve formar envolvimento com consumidor
  • 3º Acqio – Preço: R$ 4.990,00
  • nove – Não pense pela Black Friday como só um dia

A área de software tem uma tendência natural à cocriação, com software de código-referência aberto onde todos podem editá-lo. A corporação assim como poderá montar um esqueleto funcional de um software onde os usuários exercem informações à medida que o utilizam, adequando-o às suas necessidades. O modelo podes surgir antes do item estar no mercado, depois de inserido no mercado ou em um mesmo tempo.


E, pra isso, há muitos softwares ISEE Anuncia Novo Posicionamento Com Assunto Em E-content à cocriação, recebendo e organizando a recepção de ideias e dicas, como o JA voice. Em o mundo todo, a cocriação de produtos e serviços é incipiente. As organizações têm entrado nesse ramo ainda com muita cautela, já que, nem mesmo elas sabem o trajeto que um projeto de cocriação poderá levá-la.


Encontre aqui mais conteúdo sobre esse tema dito ISEE Anuncia Novo Posicionamento Com Assunto Em E-content .

No entanto, se bem administrado, esse recurso tem maior oportunidade de transportar o produto/serviço a um ponto mais próximo do desejo do comprador. Andersson, P.; Rosenqvist, C. (2007). “Mobile Innovations in Healthcare: Customer Involvement and the Co-Creation of Value”. International Journal of Mobile Communications. Auh, S.; et al. Journal of Retailing. Com Pânico Da Aposentadoria? , Issue 3. pp.


Ballantyne, D. (2004). “Dialogue and Its Role in the Development of Relationship Specific Knowledge”. Journal of Business Brem, A.; Voigt, K.I. Buscar “mascarar Um Produto” of Innovation Management. Volume 12, No. 3. pp. Diwon, D. (1990). “Marketing as Production: The Development of a Concept”. http://www.reddit.com/r/howto/search?q=dicas+para+reformas of the Academy of Marketing Science. Volume 18, Number 4. pp.


Edvardsson, B.; Enquist B.; Johnston, R. (2005). “Cocreating Customer Value through Hyperreality in the Prepurchase Service Experience”. visite essa url of Service Research. Firat, F.A.; Venkatesh, A. (December 1995) “Liberatory Postmodernism and the Reenchantment of Consumption”. Journal of Consumer Research. Volume 22, Number 3. pp. Fodness, Dale; Pitegoftf, Barry E.; Sautter, Elise Truly (1993), “From Customer to Competitor: Consumer Co-Option in the Service”. The Journal of Services Marketing.


Forsström, F. (September 2003). “A Conceptual Exploration into ‘Value Co-Creation’ in the Context of Industrial Buyer-Seller Relationships, Work-in-Progress Paper”. por favor, clique no seguinte site , J.; Mühlbacher, H.; Matzler, K.; Jawecki, G. (Winter 2009-10). “Consumer Empowerment through Internet-Based Co-Creation”. Journal of Management Information Systems. Volume 26, Number 3. pp. Füller, J. ( um fantástico post ). “Refining Virtual Co-Creation from a Consumer Perspective”.